quarta-feira, 25 de junho de 2008

E eu digo para dois

"Para os dois que viraram minha vida do avesso: Um que foi tão importante em silêncio, outro que se tornou especial e me ensinou com erros a ter calma quando o mundo ás vezes desaba. Todo mundo merece uma chance. E no final, vocês se encontraram e eu desejo é que exista, acima de tudo, amor. Eu amo vocês neste momento, longe ou perto, o que houve algum dia, o que importa são vocês. Se será para sempre minha amizade, eu não quero saber jamais."

"E no meio de tanta gente eu encontrei você.
Entre tanta gente chata sem nenhuma graça você veio.
E eu que pensava que não ia me apaixonar nunca mais na vida.
Eu podia ficar feio, só, perdido,
Mas com você eu fico muito mais bonito, mais esperto;
E podia estar tudo agora dando errado pra mim,
Mas com você dá certo.

Por isso não vá embora,
Por isso não me deixe nunca nunca mais.
Por isso não vá, não vá embora.
Por isso não me deixe nunca, nunca mais.

Eu podia estar sofrendo caído por aí,
Mas com você eu fico muito mais feliz, mais desperto.
Eu podia estar agora sem você,
Mas eu não quero, não quero.

(Mariza Monte - Não vá embora)

Nenhum comentário: